domingo, 10 de abril de 2011

As cortinas se fecharam.




















É isso. É, a gente sabia que essa hora ia chegar.
Mas é difícil quando a hora chega e nos olhamos sem saber o que vai acontecer...
Isso sempre esteve tão distante de nós, não é mesmo? Mas hoje estamos aqui meu amigo.
Hoje estamos aqui.
E quem ainda se lembra das brigas? Das caras feias? Quem se lembra de toda aquela ironia? Não. Ninguém.
Nesse momento me sinto mais distante do que nunca. E acho que você também se sente assim.
Porque tudo isso foi muito bom, mas a realidade nos traz de volta com mãos pesadas.


Surpreendentemente eu não me sinto tão mal. Apenas um pouco perdida, mas não tão mal.
Será que ainda vou me sentir assim quando me lembrar disso daqui a alguns anos?
Essa manhã está tão fria quanto o tempo que passamos em silêncio.
É isso. Sim, a gente sabia que essa hora ia chegar.
Me abrace uma última vez. E desaparece, em meio ao barulho e as risadas altas. Em meio as ilusões de uma noite e aos aplausos.
Eu continuarei assim. Até saber pra onde ir.
Mas, eu não me sinto tão mal.
Isso tudo só aconteceu aqui, não é mesmo?

Apenas sorria quando se lembrar desse tempo.

Nenhum comentário: